Raças com tendência para obesidade

por | obesidade

Nas causas determinantes da obesidade, a alimentação é sem dúvida preponderante e frequentemente associada ao exercício, mas a genética também tem um papel importante.
Existem algumas raças geneticamente predispostas à obesidade. No caso dos cães, damos alguns exemplos: o Cocker Spaniel, o Labrador Retriever, os Collies, o Bulldog Francês, o Boxer, o Schnauzer e o Caniche…
No caso dos gatos, e com o mesmo grau de importância, foi verificado que animais descendentes de raça indefenida, ou frequentemente chamados de europeus comuns têm mais tendência à obesidade do que os de raças definida.
Segue uma lista de algumas raças de cães com maior predisposição para o ganho de peso.

Bulldog Francês

Activo, sensivel, afectuoso e corajoso, tem um carácter forte e é um bom guardião. Exige muita atenção e afecto, por este motivo pode sofrer de ansiedade por separação. Uma das suas maiores características é ser muito meigo mas desconfiado com outros cães ou pessoas estranhas. Por ser muito teimoso, necessita de uma educação firme, mas dada com suavidade e persuasão. Cão citadino por excelência, quer ser sempre o primeiro a chegar seja onde for, logo, deve ser ensinado a não puxar a trela desde pequeno. Devem verificar-se regularmente as pregas de pele pela facilidade de desenvolver dermatites e problemas alérgicos. Esta raça, conhecida pelas suas caracteristicas peculiares  tem um historial complexo de problemas de coluna, bem como respiratórios, daí a importancia de manter um peso saudável.

 

Labrador Retriever

Activo, ágil e seguro de si mesmo. Com excelente faro, por isso não deixa escapar qualquer oportunidade para petiscar. O cheiro a comida é geralmente um motivo forte para começar a trabalhar na busca e salvamento da mesma. Tem grande memória visual, bom temperamento e é um óptimo cão de companhia. Não suporta a solidão e precisa de muito exercício, de forma a libertar energia. O sedentarismo estimula o mau comportamento nesta raça.

 

Collie

Cão activo, ansioso,  tímido, meigo e sensível . Muito fiél aos donos mas desconfiado com pessoas estranhas, sem nunca ser agressivo. Bastante sociável com outros cães. Esta raça necessita de bastante espaço, de correr e de usufruir de longos passeios. São animais de trabalho, logo aprendem tudo muito rapidamente.  Necessita de cuidados diários com o pêlo, escovagem e banhos regulares.

 

Boxer

O Boxer é um animal afectuoso, carinhoso e muito corajoso. O seu carácter social liberta toda a sua empatia e boa disposição para brincar.  É muito extrovertido e divertido. Mesmo envelhecendo a cor do pêlo, o comportamento pouco muda com a idade, é um cachorro para toda a vida. Tem uma grande ligação de fidelidade aos donos, contudo é vigilante e desconfiado em relação a estranhos. Necessita de muito exercício e de  bons passeios. 
As suas patologias mais conhecidas são os problemas cardíacos e a tendência a desenvolver  tumores. Deve efectuar exames regulares de forma preventiva.

 

Beagle

Cão de guarda muito vigilante. Conhecido por ser muito brincalhão e divertido, cheio de energia e teimosia. Necessita de longos passeios e brincadeiras intensas para eliminar toda a sua energia diária. Adora farejar e tudo desperta a sua curiosidade. É desconfiado com outras pessoas, mas tudo para proteger a sua família.  O seu historial de raça destaca problemas com obesidade, pelas diferenças entre a alimentação oferecida e o exercicio efectuado. Regista também problemas de otite e hipotiroidismo.

 

Cocker Spaniel Inglês

Cão vigoroso, activo, sempre alegre e exuberante.

Necessita de longos passeios para queimar energia. Adora brincadeira com bolas e, desta forma, provar ao mundo a sua habilidade de grande caçador. Muito ligado ao dono exigindo toda a atenção e carinho possível.

As patologias mais comuns, além do especial cuidado nas orelhas, são a displasia da anca e problemas oftalmológicos.

Cocker Spaniel Americano

Ágil, alegre e teimoso, necessita de uma educação persistente. Adora passeios longos e eliminar a sua curiosidade em qualquer canto ou esquina por onde passa. Tudo é motivo para usar o faro. Muito apegado ao dono, conhecido como sendo um animal muito leal.  As patologias mais conhecidas nos Cocker’s são a displasia coxo femural, otites, conjuntivites e problemas dermatológicos.

Basset hound

O Basset Hound é uma das raças mais bem-humoradas e fáceis de conviver. Ele é amável com outros cães e adora o convívio com outras pessoas. É uma raça muito tranquila, mas necessita de passeios e de algum exercício para manter o peso saudável, prevenindo assim os problemas de coluna. Tem um instinto detective, gosta de farejar e investigar lentamente por onde passa. É um perseguidor talentoso e determinado, não sendo nada fácil retirá-lo do seu curso. Uma caracteristica marcada nesta raça: a lentidão! As suas grandes orelhas devem ter especial atenção e cuidado, bem como os problemas articulares e da coluna.

 

Tem alguma dúvida? Contacte-nos

7 + 7 =